Mulher elástica porque elas conseguem dar conta

Mulher elástica – Porque elas conseguem dar conta?

Compartilhar:

Depois de alguns dias longe do blog, decidi retornar das férias falando sobre a mulher que me inspirou enquanto eu assistia o filme Os Incríveis 2 no cinema com os meus filhos, a Mulher Elástica. Sim, ela me fez refletir sobre o universo feminino, especificamente em como nós também temos as características da mulher elástica e conseguimos dar conta de tantas atividades ao mesmo tempo. A pergunta que tentaremos responder aqui é, porque as mulheres conseguem dar conta?

Quando pensamos que não vamos conseguir dar conta descobrimos que somos uma mulher elástica

Confesso que já passei por algumas situações assim na minha vida em que eu achava que não conseguiria dar conta. Mas tiveram duas que foram bastante significantes pra mim nos últimos anos, a primeira foi quanto eu estava cursando o mestrado e meu filho mais velho tinha apenas 4 anos de idade. Eu precisava dar conta de produzir a minha pesquisa acadêmica que tinha prazo para terminar, mas ao mesmo tempo havia uma casa para administrar, filho para cuidar, e diversas atividades que dependiam de mim para serem realizadas. Aiiiii 🙈🙈🙈🙈 confesso que por várias vezes achei que ia surtar devido ao volume de livros pra ler, artigos pra produzir, pesquisas e mais pesquisas e ainda os trabalhos domésticos intermináveis.

Mas, milagrosamente coloquei a mulher elástica em ação, me estiquei ao máximo que pude e pasmem, minha dissertação recebeu a nota máxima da academia o tal de “Summa Cum Laude”, que significa “aprovada com louvor”. No dia da banca final eu me sentia vitoriosa e emocionada, não somente pela nota que minha tese recebeu, mas por tudo o que eu passei para conseguir dar conta.

A segunda situação que mencionei acima, foi a chegada do meu segundo filho. Logo que vim pra casa, depois do seu nascimento, eu me deparei com o meu filho de 7 anos me olhando com um rostinho super carente e precisando mais do que nunca da minha atenção, uma casa para administrar e um bebê totalmente dependente para tudo. Os primeiros meses foram assustadores, noites mal dormidas, ainda debilitada por conta da cesariana, cheguei diversas vezes a orar a Deus dizendo que eu não aguentaria. Mas, novamente a mulher elástica se pôs em ação e aos poucos tudo foi se organizando. Estabeleci novas rotinas na casa, deleguei algumas tarefas e, graças a Deus, já se passaram 11 meses e hoje, além de dar conta, consigo um tempinho para investir no blog Mulher de Propósito.

Todas nós temos um pouco da Mulher Elástica

Assistindo o filme Os Incríveis 2, fiquei pensando em como nós mulheres também somos dotadas dessa elasticidade natural que a Mulher Elástica apresenta no filme. Na história, o casal encontra-se “desempregado” mas ela recebe uma proposta de trabalho, justamente por ter a característica “elástica” e precisa se ausentar de casa para cumprir com a sua missão. Nesse contexto, o marido que nunca se envolveu com as tarefas domésticas, precisa assumir o lugar da mãe e cuidar da casa e dos filhos. A situação fica bastante engraçada pois o Sr. Incrível que tem a fama de ter uma força descomunal, já no primeiro dia apresenta sinais de cansaço com tantas coisas que precisa dar conta, além dos cuidados com o bebê. Em pouquíssimo tempo sua aparência é de uma pessoa arrasada pelo cansaço. Por sorte que sua amiga Edna se propõe a ficar com o bebê durante 24 horas para que o senhor fortão recupere as suas energias tirando aquele sono sem ser importunado.

O que me chamou atenção na história, é que essas mesmas atividades que levaram o Sr.Incrível à exaustão em poucos dias, são as mesmas praticadas por milhares e milhares de mulheres diariamente e elas continuam firmes, correndo de um lado pra outro para dar conta de tudo.

O filme também traz uma lição para os maridos que acreditam ser tarefa fácil o trabalho doméstico, que as mulheres devem fazer tudo sozinhas, que não entendem os cuidados da casa como uma parceria etc. O Sr. Incrível, sentiu isso na pele ao achar que ele era auto-suficiente e poderia dar conta sozinho.

Acredito, que a mulher foi designada por Deus para ser a administradora do lar, a parceira, aquela que tem o dom natural para colocar a casa em ordem em poucos minutos e tudo ao mesmo tempo. Mas, considerando o excesso de compromissos que a vida moderna dispõe e o fato de muitas mulheres precisarem deixar os seus lares para também ganhar o sustento da família, é mais do que justo os dois dividirem as tarefas do lar, para não sobrecarregar nem um e nem outro.

Tudo pode mudar e todos precisam estar preparados

Há aquelas mulheres que não trabalham fora, mas que dedicam todo o seu tempo cuidando da casa e dos filhos. Por conta disso, a carga de todas as tarefas do lar acabam muitas vezes caindo toda sobre ela, afinal, “não faz nada”, não é? Essas acabam ficando sobrecarregadas, conforme falamos no artigo “Cansada de tudo o que a vida te impõe?“, pois para conseguir dar conta de tudo, são como mulheres elásticas fazendo várias coisas ao mesmo tempo, muitas vezes abrindo mão de seus desejos e vontades para satisfazer os da família. No final do dia, estão fatigadas como o Sr. Incrível, mas quase nunca isso é percebido pelos membros da família.

Essa era a rotina dos Incríveis, a Mulher Elástica até então tinha sido a pessoa que mais se preocupava com a segurança e bem-estar da família, abrindo mão até mesmo de trabalhar fora para deixar tudo em ordem. Mas, seus esforços só foram percebidos quando ela precisou se ausentar por alguns dias para cumprir com uma grande missão. Veja que tudo pode mudar, por isso, todos os membros da casa precisam estar engajados com os cuidados do maior patrimônio, que é a família. Os Incríveis estavam em crise financeira e surgiu uma grande oportunidade de virar o jogo, era pegar ou largar.

Olha quanta lição esse filme traz para nós, se a família é o nosso maior patrimônio, porque é que deixamos ele nas mãos de uma só pessoa levando-a à exaustão física e emocional, quando o correto é dividir as tarefas para que todos possam usufruir do bem-estar proporcionado pelo casamento?

Porque as mulheres conseguem dar conta?

Acredito que independente da situação da mulher, seja trabalhando fora ou cuidando do lar, os desafios são muitos, mas ela vai conseguir dar conta de todos eles, pois existe essa elasticidade natural imbuída pelo Criador. Deus fez tudo de propósito, a mulher recebeu esses super poderes do próprio Deus.

Quando leio Provérbios 31:10 eu penso, uau, será que um dia vou conseguir ter todas essas virtudes? traduzindo o texto para os dias atuais, a mulher de provérbios 31 é a própria Mulher Elástica. Ela faz tudo e um pouco mais para que todos a sua volta se sintam num ambiente seguro e confortável.

E essas virtudes não são fruto de seus próprios esforços, elas fluem do seu interior, pois todas temos elas dentro de nós. Basta surgir uma situação difícil em que achamos que não vamos dar conta, que encontramos uma força interior que nos impulsiona a superar, e sempre terminamos dando conta sim, porque afinal, somos Mulheres Elásticas, virtuosas, obra prima do Criador.

E você já passou por algum momento em que achou que também não ia conseguir dar conta, mas acabou se surpreendendo com a sua capacidade? Conte aqui pra gente? queremos muito conhecer a sua história. 👇👇👇👇

Compartilhar:

Comentários